Escolha uma Página
Os Aviões de Guerra marcaram história e hoje fazem parte da nossa publicação especial sobre quais foram os maiores da época, e que consequentemente trouxeram avanços no setor da aviação.

Olá, tudo bem?

Hoje falaremos um pouco mais sobre o passado, mais especificamente nos períodos entre a Primeira e Segunda Guerra Mundial, momentos em que os aviões de guerra se difundiram.

Atualmente não conseguimos imaginar um mundo sem aviões, não é mesmo?

Afinal, na vida de algumas pessoas pegar avião faz parte da rotina, é como pegar um carro para ir na esquina ou no mercado, se tornou comum.

Alguns possuem até mesmo jatos e aeronaves particulares, isso porque tudo se torna mais fácil quando possuímos um próprio.

Mas, você já parou para imaginar de que forma eles foram inicialmente empregados? Será que realmente eram comerciais?

Bom, a resposta é negativa. Mas então, como eram usados?

O fato é que inicialmente os aviões eram utilizados como cargueiros, carregando então toneladas e toneladas de produtos.

Mas, também foram utilizados na guerra.

A Primeira Guerra Mundial, iniciada em 1914 após o seu estopim (assassinato do arquiduque austríaco-húngaro Francisco Ferdinando) já possuía aviões.

Fazia menos de 10 anos que Santos Dumont havia feito seu voo assistido por diversos influentes da aviação na França, e agora eles carregavam até mesmo bombas.

Mas, como tudo isso aconteceu? Quais foram os principais aviões de guerra e qual a importância deles para as viagens aéreas de hoje?

Pensando nisso, montamos um conteúdo exclusivo com a finalidade de exemplificar a importância que essas aeronaves possuíram.

Portanto, caso queira conhecer ainda melhor sobre os Aviões de Guerra, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário.

Então, sem maiores delongas, vamos lá. Leia conosco!

A Importância dos Aviões de Guerra até os Dias Atuais

Importância aos dias atuais

Importância aos dias atuais

Mas afinal, que correlação os aviões de guerra possuem com aqueles que possuímos atualmente?

Os aviões de guerra foram essenciais no processo de comercialização de viagens aéreas, isso porque a engenharia aeromotor evoluiu de maneira exorbitante durante as guerras.

Obviamente, nenhuma guerra foi boa, nem a Primeira nem a Segunda, mas com elas a evolução tecnológica e engenheira surgiram as pressas.

Com isso, o peso das carcaças diminuiu, facilitando o voo das aeronaves. Foi instituído o voo sem auxílio de impulso, agora as aeronaves já podem voar possuindo autonomia.

Outro grande passo foi a potência do motor, que até então possibilitava um voo de apenas alguns metros, em velocidade reduzida.

Todos estes avanços foram conquistados através da tecnologia adquirida pelos aviões de guerra.

Principais Aviões de Guerra

Bom, agora que já lhe introduzimos ao assunto e mostramos a importância que essas aeronaves possuem na nossa história, que tal conhecê-las melhor?

Abaixo, trouxemos um pequena lista com os 5 principais aviões de guerra da Segunda Guerra Mundial e suas especificações, contando um pouco mais da história de cada um.

Então, leia conosco:

Avro Lancaster

Avro Lancaster

Avro Lancaster

O Avro Lancaster foi o melhor e o mais famoso bombardeiro quadrimotor britânico da II Guerra Mundial.

Nasceu em 1941 como espólio do fracassado bombardeiro bimotor Avro Manchester. Seu batismo de fogo ocorreu em 2 de março de 1942 e, até ao fim da guerra, cobriu-se de glórias.

Ambrosini SAI.207

Ambrosini Sai.207

Ambrosini SAI.207

O Ambrosini SAI.207 era um interceptor de caça leve construído inteiramente de madeira e desenvolvido na Itália durante a Segunda Guerra Mundial.

Seu formato rústico o aposentou antes da hora, pois pegava fogo facilmente.

Aichi E13A

Aichi E13A

Aichi E13A

O Aichi E13A foi um hidroavião de reconhecimento aéreo japonês de longo alcance, usado pela Marinha Imperial do Japão de 1941 até 1945.

Numericamente o hidroavião mais importante do ramo naval japonês, levava uma tripulação de três militares e uma carga de bombas de 250 quilogramas.

Yokosuka MXY-7 Ohka

Yokosuka MXY-7 Ohka

Yokosuka MXY-7 Ohka

O Yokosuka MXY-7 Ohka foi uma aeronave kamikaze japonesa, empregada no fim da II Guerra Mundial. O codinome estadunidense para o aparelho era Baka.

Nakajima B5N

Nakajima B5N

Nakajima B5N

O Nakajima B5N, apelidado pelos aliados de “Kate”, foi um bombardeiro torpedeiro fabricado pela empresa japonesa Nakajima Aircraft Company.

Foi utilizado pela Marinha Imperial Japonesa como o principal bombardeiro torpedeiro durante a Guerra do Pacífico na Segunda Guerra Mundial. Posteriormente foi sucedido pelo modelo Nakajima B6N.

Aeroporto Terravista

Então você é um amante da aviação, tem seu próprio avião particular ou está afim de fazer uma viagem a Bahia e procura um aeroporto reservado?

Não podemos falar de alto nível sem citar o Aeroporto Terravista, que se encontra em Trancoso, dentro do complexo Terravista Brasil.

Esse aeroporto é considerado por muitos como um dos melhores aeroportos executivos privados do Brasil, e esta capacitado a receber jatos executivos, assim como voos “charter”.

Confira informações e detalhes sobre o Aeroporto Terravista aqui mesmo, em nosso site, e conheça o complexo Terravista Brasil!

O Aeroporto fica a menos de 2 horas dos grandes centros de todo o país!

Aeroporto Terravista

E então, o que achou de conhecer um pouco mais sobre a história dos aviões de guerra? Qual a sua opinião sobre a contribuição que eles tiveram para a engenharia aeronáutica? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Conheça o Terravista Brasil